Resumo em Português



Paulo Wagner Teixeira Marques
Doutorando em geografia da UERJ, Gerente de Regionalização na Coordenação de Geografia do IBGE

Miguel Angelo Campos Ribeiro
Dr. em Geografia pela UFRJ, Professor do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Geografia UERJ

Geografia e Estado - Organização territorial e a criação de centralidades a partir das instituições públicas

Atualmente, o Estado e o Mercado são as duas Instituições com o maior poder estruturador do espaço, atuando através de suas organizações: de um lado, os organismos públicos criados para atender a população, levantar dados e informações e recolher tributos; de outro, as empresas privadas funcionando no mercado, com suas estratégias particulares. O presente artigo terá como foco a forma como o Estado organiza o seu território por meio de algumas Instituições Públicas Federais. Busca-se, assim, compreender a hierarquia das cidades brasileiras por meio das conexões criadas e mantidas pela gestão do território realizada pelo Estado e quais são os centros urbanos que concentram a capacidade de comando e controle no País.

Resumo em Inglês - Texto

Voltar